Olmert irá aos EUA para discutir paz no Oriente Médio

O primeiro-ministro interino de Israel, Ehud Olmert, planeja uma viagem de três dias no próximo mês para conversar com o presidente George W. Bush e outros oficiais americanos sobre o impasse no processo de paz do Oriente Médio, informaram fontes diplomáticas nesta quinta-feira. Olmert deve chegar nos Estados Unidos no dia 21 de maio, realizar uma reunião na Casa Branca no dia 23 e partir no dia seguinte. Ainda não está claro se os dois líderes terão sucesso, uma vez que o governo palestino é atualmente dominado pelo grupo islâmico Hamas. Os governos israelense e americano prometeram não lidar com o Hamas até que o grupo extremista abandone os ataques contra Israel e aceite sua existência. Segundo fontes da Casa Branca, o ministro israelense irá ressaltar durante sua visita as ameaças contra Israel feitas pelo presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad. Em uma mensagem via satélite encaminhada esta semana durante uma Conferência Anti-difamação em Washington, Olmert chamou Ahmadinejad de ditador e disse que Israel é capaz de defender-se. "Precisamos assegurar de que ninguém obtenha o poder para nos destruir", disse o premier. "O povo judeu e a própria existência de Israel são alvos do Irã e não vemos resposta suficiente do resto do mundo", concluiu.

Agencia Estado,

27 Abril 2006 | 19h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.