Olmert pede a policiais ''tolerância zero''

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, solicitou ontem à polícia que mostre "tolerância zero" aos arruaceiros, depois da quarta noite de violência entre árabes e judeus em Acre , ao norte de Israel. Os conflitos começaram na quarta-feira, após um motorista árabe dirigiu até o bairro judeu no Yom Kippur, o Dia do Perdão dos judeus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.