Olmert quer se reunir o mais rápido possível com Abbas

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, disse nesta quarta-feira ao presidente russo, Vladimir Putin, que quer se reunir o mais rápido possível com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, para restabelecer o diálogo de paz."Disse ao presidente russo que estou interessado em me reunir o mais rápido possível com Abbas", afirmou Olmert em entrevista coletiva conjunta após o encontro com o chefe do Kremlin, segundo a agência russa Interfax.O dirigente israelense acrescentou que o governo de seu país é a favor das negociações com a ANP e "em nenhum caso busca bloquear esses esforços", e seus emissários mantêm "constantes contatos, quase diariamente, com representantes de Abbas".Segundo Olmert, a base de negociação deve ser o "Mapa do Caminho", o plano de paz para o Oriente Médio elaborado pelo Quarteto de Madri (Estados Unidos, União Européia, Rússia e ONU) e o "reconhecimento claro e unívoco de Israel" por parte da ANP.Também insistiu em que o Executivo da ANP, formado pelo Movimento de Resistência Islâmica (Hamas), deve reconhecer todos os acordos alcançados antes com Israel e "suspender todas as atividades terroristas".O líder russo pediu "máxima contenção e responsabilidade" para todas as partes envolvidas no conflito do Oriente Médio."A única forma de quebrar o círculo vicioso da violência é abandonar as acusações mútuas, libertar os reféns e retomar o processo de paz e as negociações", disse Putin.Acrescentou que "só uma regra justa e universal, aceita por todos os povos da região, pode ser segura e durável".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.