Olmert sugere possibilidade de lançar ação militar contra o Irã

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, sugeriu, pela primeira vez, a possibilidade de Israel lançar uma ação militar contra o Irã para frustrar seu programa nuclear, que considera uma das principais ameaças contra a segurança do país, segundo a edição desta segunda-feira do jornal "Ha´aretz". A intenção foi demonstrada por Olmert em conversa com a imprensa israelense durante o vôo que ontem o levou a Washington, onde hoje deve se encontra com o presidente americano, George W. Bush. "O Irã só aceitará um compromisso sobre a questão de seu programa nuclear se tiver uma razão para sentir-se ameaçado", afirmou o governante israelense. No entanto, Olmert recusou-se a dar detalhes à imprensa sobre as opções discutidas para enfrentar o Teerã. Em suas conversas com Bush, Olmert discutirá a ameaça que o programa nuclear iraniano representa, meios para impulsionar o processo de paz com os palestinos e a manutenção do cessar-fogo no Líbano após a guerra entre Israel e a milícia xiita Hezbollah.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.