Omar al-Bashir é reeleito no Sudão

O presidente Omar al-Bashir (foto) ganhou com 68% dos votos as primeiras eleições diretas sudanesas em 24 anos, mantendo-se como o único chefe de Estado procurado pela Corte Criminal Internacional por crimes de guerra. Bashir é acusado de ordenar uma campanha de assassinatos, torturas e estupros na região de Darfur. O processo eleitoral foi marcado por denúncias de fraudes e irregularidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.