AFP PHOTO |Jekesai NJIKIZANA
AFP PHOTO |Jekesai NJIKIZANA

OMS anula nomeação de Mugabe como embaixador da Boa Vontade

Diretor da Organização Mundial da Saúde alegou proteção dos interesses da entidade

O Estado de S.Paulo

22 Outubro 2017 | 10h55

GENEBRA - A liderança da Organização Mundial da Saúde (OMS) cancelou no domingo a sua decisão de nomear o presidente zimbabuense Robert Mugabe como embaixador da Boa Vontade, para proteger "os interesses" da agência das Nações Unidas.

"Nos últimos dias, refleti sobre a nomeação do presidente Robert Mugabe como embaixador da boa vontade da OMS em [doenças não transmissíveis] na África. Eu decidi rescindir o compromisso", disse o diretor da agência, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em um comunicado. "Eu escutei atentamente a todos aqueles que expressaram preocupação e as diversas questões que levantaram", completou o Ghebreyesus". 

A nomeação, anunciada na Conferência Mundial sobre Doenças Não Transmissíveis, realizada no Uruguai, provocou uma onda de críticas a nível internacional. /AFP e EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.