OMS aprova proposta brasileira sobre aids

Depois de cinco dias de debates e da intervenção dos principais ministros da saúde do mundo, a comunidade internacional aprovou ontem, por unanimidade, uma resolução sobre o tratamento da aids. A proposta foi apresentada pelo Brasil durante a Assembléia Mundial de Saúde, mas o texto final da resolução não era o que o País esperava. As pressões do governo dos Estados Unidos, da União Européia (UE), de lobistas das grandes indústrias farmacêuticas e mesmo de países em desenvolvimento, como a África do Sul e a Índia, exigiram que o Brasil aceitasse um texto mais flexível. Leia mais no site do Estado

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.