OMS: Carros matam mais de 270 mil pedestres por ano

Mais de 270 mil pedestres morrem atropelados por carros no mundo todos os anos, informou nesta sexta-feira a Organização Mundial de Saúde (OMS). Ao divulgar a cifra, a agência de saúde da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu a implementação de normas que proporcionem mais segurança a pedestres e motoristas.

AE, Agência Estado

03 de maio de 2013 | 18h49

De acordo com a OMS, as mortes de pedestres representam 22% do total de óbitos em acidentes de trânsito no mundo. Somente no ano passado, acidentes automobilísticos mataram 1,24 milhão de pessoas.

A OMS defende a adoção de medidas como a redução dos limites de velocidade, a construção de calçadas, a melhora da iluminação viária, a proibição ao consumo de bebidas alcoólicas por motoristas e restrições ao uso de telefones celulares como meios de diminuir o número de acidentes.

Etienne Krug, diretor de departamento da OMS, observou que mais de 5 mil pedestres são mortos por semana em acidentes de trânsito no mundo. "Isso acontece porque as necessidades deles vem sendo negligenciadas há décadas, normalmente em favor do transporte motorizado." As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUtrânsitomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.