OMS confirma 12.022 casos de gripe suína e 86 mortes

A Organização Mundial da Saúde confirmou neste sábado que a gripe suína, causada pelo vírus A H1N1, tem 12.022 casos em 43 países, tendo provocado 86 mortes.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

23 de maio de 2009 | 19h45

O México tem 3.892 casos e 75 mortes; nos EUA, foram confirmados 6.552 casos, com nove mortes.

Os números, divulgados pela OMS às 3h (de Brasília), não incluem o primeiro caso confirmado na Islândia. Segundo Haraldur Briem, porta-voz das autoridades islandesas de saúde, o paciente infectado acabava de voltar de Nova York; quatro outras pessoas da mesma família estão sendo submetidas a testes.

No Kuwait, um porta-voz do Ministério da Saúde disse que vários soldados norte-americanos da base militar que os EUA mantêm no país foram tratados de gripe suína. A embaixada dos EUA confirmou o informe e disse que alguns casos foram "provisoriamente confirmados", mas não deu detalhes.

No Reino Unido, onde o informe da ONU fala em 117 casos, as autoridades de saúde elevaram o número neste sábado para 122 casos; embora o Reino Unido seja o país europeu com o maior número de casos relatados, nenhuma morte aconteceu.

Em Hong Kong, o Centro de Proteção à Saúde do território confirmou mais dois casos, elevando o total para seis; os dois novos casos são de chineses residentes nos EUA que viajaram recentemente para Hong Kong. As informações são do site da OMS.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaOMS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.