OMS confirma epidemia de cólera em Basra

A Organização Mundial da Saúde confirmou uma epidemia de cólera no sul do Iraque, afirmando que resultados de exames laboratoriais mostram que o agente causador da doença estava presente em amostras retiradas da cidade de Basra. Na última semana, uma equipe da OMS enviou 38 amostras, colhidas em três hospitais de Basra, para testes no Kuwait. Quatro casos obtiveram resultado positivo para a doença.Basra sofre com surtos de cólera, mas autoridades de saúde dizem que a epidemia deste ano foi antecipada pela guerra. Hospitais de Basra vêm informando números cada vez maiores de pacientes admitidos queixando-se de diarréia e outros problemas gastrointestinais. Cólera é uma doença que se transmite pela água, e pode ser tratada. Mas pode se mostrar letal, principalmente quando atinge crianças desnutridas. Os moradores da cidade de Basra, de 1,3 milhão de habitantes, passaram semanas sem saneamento, por causa da guerra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.