OMS confirma novo surto de ébola no Congo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou, ontem, o surgimento de mais um surto de ébola na África. Segundo a agência de saúde da ONU, onze pessoas já morreram nos últimos dias na cidade de Mbomo, no Congo. Outras 105 pessoas que tiveram contato com as vítimas estão isoladas em hospitais da região. Uma equipe internacional de médicos foi enviada ao país para auxiliar o sistema público de saúde. Segundo os especialistas, todas as onze vítimas eram caçadores que atuavam na fronteira entre o Congo e o Gabão, outro país que frequentemente é atingido pelo vírus. Segundo a OMS, não existe vacina para a doença e o índice de mortalidade do vírus é de até 90%. Apesar da gravidade da doença, a OMS afirma que não vai emitir qualquer tipo de recomendação contra visitas ao Congo, como o fez com os países afetados pela pneumonia atípica. Segundo a entidade, a região atingida pela doença é distante de qualquer local turístico e uma zona de isolamento já está sendo montada na região de Mbomo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.