OMS diz que 41 milhões de crianças com menos de 5 anos estão obesas no mundo

Um painel independente sobre obesidade autorizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu hoje que governos, educadores, produtores e vendedores de alimentos façam mais para ajudar a combater a obesidade infantil.

Estadão Conteúdo

25 Janeiro 2016 | 16h45

Segundo a Comissão para o Fim da Obesidade Infantil, 41 milhões de crianças com menos de 5 anos estão obesas ou acima do peso em todo o mundo, acima de 31 milhões em 1990. A Comissão alerta que o número pode subir mais.

De acordo com os diretores do painel, fatores biológicos e comportamentais contribuem para isso, especialmente em partes dos países em desenvolvimento. Entre outras coisas, o grupo pede "efetiva taxação de bebidas açucaradas" e políticas escolares que promovam uma boa dieta e atividades físicas.

"Não é culpa das crianças. Não se pode culpar uma criança de dois anos por estar gorda e lenta e comer demais", disse Peter Gluckman, um dos diretores do painel. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
OMSobesidade infantilsaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.