OMS mantém nível de alerta para gripe suína

A chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS), Margaret Chan, afirmou que a OMS manteve o nível de alerta para pandemias em relação à gripe suína em 5, em uma escala de 1 a 6. Chan advertiu hoje que o mundo "tem toda razão para estar preocupado" sobre a possível interação entre o vírus da influenza A (H1N1 e outros vírus da gripe. Teme-se que essa interação possa gerar variedades mais letais da doença.

AE, Agencia Estado

18 de maio de 2009 | 11h48

O aumento do nível de alerta para o nível máximo, o 6, significaria que uma pandemia, ou epidemia generalizada, estaria em curso no mundo. A influenza A (H1N1) já afetou 8.829 pessoas em 40 países do mundo, informou hoje o vice-chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS), Keiji Fukuda. A doença já matou 74 pessoas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaOMSalerta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.