OMS: questão agora é 'quão severa' será a pandemia

"A grande questão agora é esta: quão severa será a pandemia?", afirmou a diretora-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), a doutora Margaret Chan, durante uma media call. Em resposta ao crescente número de casos de gripe suína em vários países, a OMS elevou hoje seu nível de alerta de pandemia de fase 4 para 5, o que significa que há forte sinal de "pandemia iminente". "É possível que o alcance clínico completo desta doença vá de uma doença moderada para severa", disse Chan, acrescentando que mais dados são necessários para responder a questão de forma mais precisa.

AE, Agencia Estado

29 de abril de 2009 | 18h07

"Sabemos que a influenza (vírus da gripe) pode causar doenças moderadas nas sociedades mais ricas e doenças mais severas, com mortalidade mais alta, em países em desenvolvimento", disse. "Novas doenças são, por definição, pouco entendidas", disse Chan, observando que o vírus da gripe é famoso por seu comportamento imprevisível. "Todos os países devem imediatamente ativar agora seus planos de prontidão para pandemia", permanecendo em alerta para doenças como pneumonia e gripe, acrescentou.

O nível 5 de alerta de pandemia é aplicado para uma situação onde a transmissão entre humanos ocorre de uma forma sustentada em pelo menos dois países da mesma região. "Estamos vendo isso no México e nos Estados Unidos. Quando vemos dois países em uma região da OMS demonstrando isso, nos movemos para a fase 5", afirmou. Contudo, ela alertou que é preciso "manter um nível de calma para que continuemos a administrar isso de uma forma racional". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaOMS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.