OMS registra 77 novos casos de pneumonia atípica

Não pára de crescer o número de pessoas contaminadas pela pneumonia atípica. Somente entre ontem e hoje, 77 novos casos foram identificados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O número de mortes, porém, não se modificou. No total, 1.485 pessoas estão contaminadas e 53 acabaram morrendo.A preocupação da entidade é de que, depois de se espalhar pelo sudeste asiático, a doença misteriosa comece a sair de controle também nos Estados Unidos e no Canadá.Cinqüenta e um norte-americanos são suspeitos de terem sido contaminados, o que coloca o país na quinta colocação entre os que mais apresentam casos da doença.Há apenas dez dias, nenhum caso havia sido encontrado nos Estados Unidos. Apesar da rapidez com que a pneumonia está se proliferando no país, nenhuma morte foi registrada até agora entre os cidadãos norte-americanos.No Canadá, a preocupação se refere aos habitantes de Toronto. A OMS classifica a cidade como um dos locais onde a transmissão da doença poderia estar ocorrendo e alerta que todos os vôos ainda de Toronto deveriam ser monitorados.Até esta sexta-feira, o Canadá registra 29 pacientes contaminados e três mortes.Em Hong Kong, onde mais de 400 pessoas sofrem da misteriosa doença, diversos hospitais foram fechados para que fossem desinfectados. Até agora, dez clínicas já haviam sido identificadas como locais onde a pneumonia estaria se espalhando.Em Cingapura, mais de 1.500 pessoas foram colocadas em quarentena. Caso saiam de casa, esses cidadãos serão obrigados a pagar uma multa de mais de US$ 1 mil às autoridades locais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.