OMS registra quase 5 mil mortes por gripe A no mundo

Quase cinco mil pessoas já morreram pelo vírus da Influenza A (H1N1), popularmente conhecida como gripe suína, desde o início do registro de casos, informou hoje a Organização Mundial de Saúde (OMS). Segundo a entidade, a maioria das mortes registradas pela doença até 18 de outubro ocorreu no Hemisfério Ocidental. A Islândia, o Sudão e Trinidad e Tobago registraram cada um sua primeira morte relacionada à nova gripe nesta semana, segundo a OMS.

AE-AP, Agencia Estado

23 de outubro de 2009 | 14h01

Em Londres, a companhia farmacêutica GlaxoSmithKline afirmou que as crianças necessitam de apenas uma dose da vacina para estar protegidas. Em comunicado divulgado hoje, a empresa nota que uma dose é suficiente para melhorar a imunidade das crianças na luta contra o vírus. A conclusão é baseada em dados de 200 crianças da Espanha, com idades entre seis meses e três anos.

Muitos especialistas previam que as crianças necessitariam de duas doses, pois os sistemas imunológicos delas são mais frágeis que os dos adultos. Na semana passada, a Sanofi Aventis alegou que as crianças devem necessitar de duas doses para evitar o vírus da Influenza A (H1N1).

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaOMSmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.