OMS retira Toronto da lista de áreas afetadas pela Sars

A Organização Mundial da Saúde anunciou nesta quarta-feira que Toronto, no Canadá, já não faz parte da lista de zonas afetadas pelo vírus da síndrome respiratória aguda severa, a pneumonia asiática. A agência de saúde da ONU disse ter adotado a decisão após se passarem 20 dias sem que ocorresse nenhum caso novo de Sars na cidade canadense, foco do maior surto da enfermidadade fora da Ásia. Com essa decisão, apenas a ilha de Taiwan continua na lista de alerta da OMS em relação à Sars, fato que continua causando graves prejuízos à economia local. Na China, a epidemia de Sars custou milhões de empregos dos migrantes de áreas rurais nas cidades. Mesmo assim, as estimativas oficiais indicam que o país deverá crescer a uma taxa acima de 8% este ano, disse hoje a agência Nova China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.