Onda de calor castiga o Cáucaso Norte

Uma onda de calor com temperaturas de até42 graus centígrados castiga as repúblicas e regiões russas do Cáucaso Norte, informou nesta terça-feira o centro meteorológico local, indicando que o calor se manterá por vários dias. O departamento de Emergências do Cáucaso Norte admitiu que as altas temperaturas podem alterar o funcionamento do transporte ferroviário, causar falhas em transformadores de linhas elétricas,deformações no asfalto de estradas e criar outras dificuldades para à infra-estrutura da região. A onda de calor também pode derreter a neve nas regiões montanhosas da república de Kabardino-Balkária, em cujo território se encontra omonte Elbrus, o mais alto da Europa, disse um pora-voz à agência Interfax. Os serviços médicos recomendaram à população que tome cuidadospara evitar insolações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.