Onda de calor mata pelo menos 90 pessoas no Paquistão

Pelo menos 90 pessoas morreram de desidratação, diarréia e insolação ao longo de um mês de calor extremo no leste do Paquistão, informou nesta segunda-feira oconselheiro da secretaria de Saúde local, Javed Asghar.Há duas semanas, o número de mortes causadas pelo calor havia chegado a 75 em Punjab, uma província do leste do Paquistão, mas esse número aumentou, disse Asghar. "Pelo menos 90 pessoas já morreram por causa do calor" ao longo do último mês, disse ele.Grande parte das mortes ocorreu no sul de Punjab por causa de desidratação, diarréia, insolação e outros problemas de saúde provocados pelo calor intenso das últimas semanas.Os termômetros alcançaram 49ºC em algumas regiões de Punjab. As previsões do Departamento de Meteorologia de Lahore, a capital de Punjab, são de que chova nos próximos dias. As temperaturas diminuíram um pouco em Lahore por causa de chuvas na noite de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.