Onda de calor mata sete pessoas na Espanha

Pelo menos sete pessoas morreram vítimas das altas temperaturas registradas neste fim de semana no sudeste da Espanha. Além disso, os 42 graus centígrados apontados pelos termômetros hoje também ajudam a piorar os incêndios florestais. Dois homens, de 71 e 77 anos faleceram na noite de sábado na cidade de Córdoba, informou o Serviço de Saúde da região da Andaluzia. Na cidade costeira de Huelva, um homem de 39 anos morreu depois de ser encontrado em estado de coma ao lado de sua bicicleta. Mais quatro pessoas também não resistiram ao calor e faleceram em Granada e Sevilha. Outras 12 pessoas foram hospitalizadas na Andaluzia com sintomas de insolação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.