Onda de frio causa 18 mortes no Chile

Dezoito pessoas morreram no Chile por conta do intenso frio registrado no país sul-americano no decorrer das últimas semanas, informou neste domingo o ministro chileno do Planejamento, Joaquín Lavín.

AE, Agência Estado

21 de agosto de 2011 | 17h31

O mais recente óbito por hipotermia confirmado pelo governo foi o de um rapaz de 21 anos que morreu ontem em Temuco, 680 quilômetros ao sul de Santiago. O inverno no Hemisfério Sul começou em 21 de junho.

Lavín não informou exatamente quando começaram as mortes, mas revelou o resultado de um levantamento nacional segundo o qual pelo menos 11.000 pessoas com mais de 18 anos não têm onde morar no Chile. A cifra não inclui menores de idade. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
climafrioChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.