Ondas gigantes deixam um morto no sudeste da Indonésia

Turista de 16 anos foi arrastado enquanto pescava; 300 pessoas foram evacuadas

Efe,

13 de fevereiro de 2008 | 05h16

Uma pessoa morreu e cerca de 300 tiveram de abandonar suas casas depois que ondas gigantes de até três metros de altura atingiram a região sudeste da Indonésia, informou nesta quarta-feira, 13, a agência oficial Antara. Um porta-voz dos serviços de emergência da província de Nusa Tenggara Oriental explicou que um turista indonésio de 16 anos foi arrastado por uma onda quando pescava na praia, enquanto cerca de 300 pessoas foram evacuadas a refúgios temporários no interior. A agência de meteorologia local assegurou que ventos de até 70 km/h causaram ondas de até seis metros de altura nas ilhas de Sumba, Flores e Alor. Em maio do ano passado, a mesma província sofreu com ondas gigantes que deixaram centenas de deslocados e casas destruídas.

Tudo o que sabemos sobre:
Indonésiaondas gigantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.