Ondas gigantescas matam 160 pessoas em Sri Lanka

Pelo menos 160 pessoas morreram na zona costeira de Sri Lanka, por causa de ondas gigantes provocadas pelo terremoto de 8,5 graus Richter registrado neste domingo na ilha de Sumatra, na Indonésia, segundo fontes oficiais. Cento e cinqüenta corpos foram encontrados no povoado de Mutur e outros dez no vilarejo de Malee. O número de vítimas pode ser maior, alertam as fontes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.