O´Neill pede apoio a projeto antiterrorismo

O secretário do Tesouro dos EUA, Paul O´Neill, disse que o governo precisa com urgência ampliar sua autoridade legal para combater o terrorismo, após os ataques do dia 11 de setembro no país. Em depoimento sobre lavagem de dinheiro no comitê de serviços financeiros da Câmara de Representantes, O´Neill declarou que o projeto antiterrorismo do presidente George W. Bush é crucial para os esforços do Tesouro e de outras agências federais em eliminar todas as raízes financeiras que apóiam os atos terroristas. "Essa caça não é relacionada ao dinheiro. É sobre o dinheiro que mata", afirmou. "Nosso objetivo é drenar a veia financeira que permite aos terroristas financiar e atingir suas metas mortais. Ao fazer isso, pretendemos restringir a habilidade deles agirem novamente", declarou. O´Neill afirmou que a nova legislação deve, particularmente, ampliar a autoridade do presidente em relação ao Ato de Poderes Econômicos de Emergência Internacional, que permite sanções comerciais e financeiras contra terroristas estrangeiros e seus aliados. O secretário do Tesouro também destacou que é necessário mais eficiência na troca de informações entre os meios jurídicos e os serviços de inteligência.

Agencia Estado,

03 Outubro 2001 | 12h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.