ONG acusa ossétios e georgianos

A organização humanitária Human Rights Watch acusou ontem tanto ossétios quanto georgianos, envolvidos no conflito no Cáucaso, de destruir e saquear cidades na região. Segundo a ONG, combatentes ossétios estão invadindo e roubando casas de georgianos em diversos vilarejos na Ossétia do Sul. "Presenciamos terríveis cenas de destruição em pelo menos quatro cidades que foram abandonadas", afirmou o grupo em um comunicado.Por outro lado, funcionários da ONG também disseram ter presenciado milícias da Geórgia intimidando ossétios. Com sede nos EUA, a organização tem vários funcionários trabalhando na Geórgia. "Vimos os saques com nossos próprios olhos. Eles estão levando eletrodomésticos, aquecedores, bicicletas e até tapetes", disse Anna Neistat, funcionária da Human Rights Watch em Tskhinvali, capital da Ossétia do Sul.

AP E REUTERS, O Estadao de S.Paulo

14 de agosto de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.