ONG acusa rebeldes de abusos contra civis

A organização de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch (HRW) acusou ontem os rebeldes líbios de terem cometido abusos contra civis. Segundo a HRW, nos dois últimos meses os rebeldes incendiaram, saquearam e torturaram civis. A França pediu a investigação sobre eventuais casos de abuso. Os líderes rebeldes admitiram "alguns incidentes" em fevereiro, mas disseram que não houve novos casos em zonas libertadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.