ONG diz que gasto militar baterá recorde em 2006

Relatório da ONG Intermón-Oxfam, citado pelo jornal espanhol El Pais, afirma que o gasto militar mundial atingirá uma cifra recorde e superará as marcas da Guerra Fria, chegando a 834 bilhões de euros. Esse valor 15 vezes o que as nações do mundo gastam em ajuda internacional.A ONG também cita o aumento nas vendas das principais fabricantes de armas do mundo, cujos ganhos subiram mais de 70% entre 2000 e 2004. A organização afirma que essas armas alimentam os conflitos que, por sua vez, são a principal causa da fome no planeta.A diretora-geral da ONG, Arian Arpa, pede que a ONU crie um tratado internacional para regulamentar o comércio de armas, para garantir que o equipamento fique nas mãos de tropas regulares, controladas por Estados democráticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.