Ônibus com jornalistas haitianos é atacado em rodovia

Atiradores atacaram um ônibus que transportava jornalistas que cobrem a campanha do candidato a presidente do Haiti, Jacques Edouard Alexis, mataram o motorista do veículo e roubaram dinheiro e um notebook. Os agressores, aparentemente criminosos comuns, atacaram o veículo na noite de ontem, na rodovia de Gonaives a Cap-Haitien, disse o porta-voz da polícia, Frantz Lerebours. O ônibus transportava sete jornalistas haitianos. O candidato Alexis é considerado favorito para vencer as eleições presidenciais de 28 de novembro.

AE-AP, Agência Estado

26 de outubro de 2010 | 17h03

O repórter Richardson Jordan, da Televisão Nacional Haitiana, disse que o motorista, um policial em folga, tentou furar o bloqueio feito na estrada pelos homens armados com pistolas e uma granada de mão. Jordan disse que os agressores abriram fogo. O ônibus derrapou antes de parar, ferindo um dos jornalistas, e o motorista foi morto com um tiro na cabeça. Os bandidos roubaram dinheiro e um notebook e depois fugiram. Lerebours disse que a polícia perseguiu os bandidos, matando um em tiroteio na madrugada de hoje e detendo três, que foram levados à delegacia de Gonaives.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.