ONU: 121 já foram resgatados de escombros no Haiti

A Organização das Nações Unidas (ONU) informou hoje que 121 pessoas foram resgatadas por equipes internacionais dos escombros no Haiti desde o terremoto de 7 graus na Escala Richter ocorrido na terça-feira da semana passada. A informação foi divulgada pela porta-voz da Agência de Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU Elisabeth Byrs. A funcionária descreveu o número como "um milagre".

AE, Agencia Estado

20 de janeiro de 2010 | 09h11

Ontem, a entidade afirmou que 90 pessoas haviam sido retiradas com vida dos escombros, em comparação com 70 do balanço de sábado. Não está ainda claro quando essas outras 31 pessoas foram salvas, pois pode se tratar de casos anteriores só agora contabilizados. Segundo especialistas, as chances de se sobreviver a um terremoto diminuem bastante três dias após o fenômeno.

A porta-voz informou que um segundo centro de operações de auxílio foi estabelecido na capital Santo Domingo, do país vizinho República Dominicana. Já há um centro funcionando em Porto Príncipe, capital haitiana. Três aeroportos, além de portos, em território dominicano estão sendo usados para as entregas de ajuda internacional.

Também hoje o presidente do Haiti, René Préval, disse que ainda há dificuldades para coordenar o auxílio nas áreas atingidas pelo tremor. Em comentários à rádio francesa RFI, Préval afirmou que a ajuda veio "muito rápido", mas "há um problema agora de coordenação". "O auxílio está chegando e nós não estamos preparados para recebê-lo", disse. "Quando ele (auxílio) chega, a pergunta é: ''Onde estão os caminhões para transportá-lo, onde estão os depósitos?''"

O terremoto devastou o país. De acordo com a Defesa Civil haitiana, o total de mortos chega a 75 mil. Porém, autoridades estimam que o número de vítimas pode ultrapassar os 200 mil. Préval afirmou esperar que o auxílio ao país caribenho continue "no médio e no longo prazo". Ele chegou ao poder em 2004, após o então presidente Jean-Bertrand Aristide ser deposto em meio a uma revolta. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoresgateescombrosONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.