ONU acusa Aliança de tentar obstruir futuro governo

O argelino Lakhdar Brahimi, designado representantes das Nações Unidas no Afeganistão pelo secretário-geral Kofi Annan, acusou a Aliança do Norte (grupo de oposição ao Taleban) de obstruir os esforços internacionais para realização de um encontro para decidir o futuro político do país. Ele ressaltou que os partidos afegãos, em particular aAliança do Norte, estão mais preocupados em consolidar suasposições em Cabul.Segundo fontes diplomáticas, as várias facções estariam dividindo a capítal afegã em zonas de influência. Brahimi destacou que seu vice, o espanhol Francesc Vendrell, tem planos de viajar para Cabul neste sábado (ele está em Islamabad). Na capital afegã, manterá conversações oficiais com as lideranças da Aliança do Norte. "A real dificuldade queenfrentamos ali, no entanto, são as conseqüências de pelo menos30 anos de guerra", ressaltou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.