Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

ONU adota convenção internacional contra a corrupção

A Organização das Nações Unidas adotou a primeira convenção internacional de combate à corrupção. O texto foi aprovado pela Assembléia-Geral da ONU e prevê novas leis para que países possam lutar contra o problema e punir responsáveis."Esse acordo é um alerta aos corruptos. Trair a confiança pública não será mais tolerado", afirmou o secretário-geral da ONU, Kofi Annan. Um dos pontos principais do acordo se refere ao compromisso internacional de que o dinheiro que seja fruto de corrupção e que tenha sido desviado para o exterior será devolvido ao país de origem. Governos como o da Suíça recebem pedidos constantes de outros países, inclusive do Brasil, para ajudar na devolução de recursos públicos que acabaram parando em bancos de Genebra ou Zurique.Além da questão da devolução de fundos, a convenção harmoniza operações e regras para que os governos cooperem na busca dos criminosos. O acordo ainda indica medidas para fortalecer as legislações nacionais contra a corrupção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.