ONU agradece esforço de Lula contra conflito no Iraque

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu, na tarde desta segunda-feita telefonema do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, que agradeceu os esforços do governo brasileiro na busca de uma solução para evitar os ataques dos Estados Unidos ao Iraque. "O presidente Lula disse (a Kofi Annan) que caso ocorra uma guerra o papel das Nações Unidas deverá ser rediscutido em nível alto, numa reunião de chefes de Estados", informou o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.Neste momento, o ministro das Relações Exteriores está no Palácio do Planalto para analisar uma possível retirada de brasileiros residentes nos países do Oriente Médio. Celso Amorim disse que os brasileiros residentes no Iraque foram localizados pelo governo, mas manifestaram a vontade de permanecer no país. Desde a Guerra do Golfo, em 1991, o Brasil não tem representação diplomática no Iraque. Veja o índice de notícias sobre o Governo Lula - Os primeiros 100 dias

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.