ONU ajudará a Coreia do Norte com US$ 200 milhões

O órgão responsável por alimentos da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou US$ 200 milhões em ajuda alimentar para a Coreia do Norte. A ajuda destina-se a pessoas mais vulneráveis que continuam dependentes de assistência externa.

DOW JONES NEWSWIRES, Agência Estado

08 de junho de 2013 | 13h45

O Conselho executivo do Programa Mundial de Alimentos (WFP) da ONU aprovou nesta semana uma nova operação de dois anos para a Coreia do Norte, que terá início em 1º de julho, disse o porta-voz do WFP Marcus Prior. O programa ajudará 2,4 milhões de pessoas, cuja maioria são crianças, mulheres grávidas e em fase amamentação, com cerca de 207 mil toneladas de ajuda alimentar a um custo de US$ 200 milhões, disse o porta-voz em um e-mail.

O WFP continuará a centrar foco nas necessidades nutricionais de crianças e de mães através dos alimentos, que será fabricados na Coreia do Norte com o uso de ingredientes importados pelo órgão de alimentos da ONU, acrescentou Prior.

Cerca de 28% da crianças com menos de cinco anos na Coreia do Norte sofrem de desnutrição crônica e 4% estão com desnutrição aguda, de acordo com uma pesquisa nacional de nutrição da ONU feita no ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUajudaCoreia do Norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.