ONU aprova entrega de ajuda humanitária na Síria

O Conselho de Segurança das Organizações das Nações Unidas (ONU) aprovou por unanimidade, nesta segunda-feira, a invasão das fronteiras da Síria para a entrega de ajuda humanitária à população em áreas controladas por rebeldes, mesmo sem aprovação do governo. O serviço humanitário da ONU informou que 2,9 milhões de sírios poderiam ser beneficiados pela medida.

Agência Estado

14 Julho 2014 | 17h30

Desde fevereiro, o presidente da Síria, Bashar Assad, tem barrado as entregas para áreas rebeldes e insistido que todas as cargas devem passar pela capital Damasco. Na prática, a maioria dos produtos são direcionados a áreas controladas pelo governo.

De acordo com a chefe do serviço humanitário da ONU, Valerie Amos, o número de pessoas no país que precisa de ajuda saltou de um milhão em 2011 para 10,8 milhões. O dado inclui uma população de 4,7 milhões em áreas de difícil acesso e 240 mil em regiões sitiadas.

A resolução, que permite o cruzamento de quatro pontos de fronteira (dois na Turquia, um no Iraque e um na Jordânia), ressalta que todos os 193 Estados-membros da ONU são obrigados a "aceitar e permitir a execução da medida". Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
ONU Síria ajuda humanitária

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.