ONU aprova resolução exigindo que Israel interrompa contrução de muro

A Assembléia Geral da ONU aprovou, na noite desta terça-feira, uma resolução exigindo que Israel suspenda imediatamente a construção do muro que o separa da Cisjordânia. A resolução foi aprovada por 144 votos a favor, quatro contra e 12 abstenções. Israel, EUA, Ilhas Marshal e Micronésia foram os únicos países que votaram a favor do muro. O acordo para o texto final da resolução foi alcançado após negociações entre a União Européia e os palestinos e nações árabes e islâmicas. Os EUA, que na semana passada vetaram uma resolução do Conselho de Segurança que havia declarado a barreira ilegal, também votaram contra nesta terça. Mas não existe direito a veto na Assembléia, cujas resoluções - consideradas apenas reflexo da opinião pública mundial - não são de cumprimento obrigatório.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.