ONU aprova resolução que condena embargo a Cuba

A Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) mais uma vez aprovou uma resolução que pede aos Estados Unidos que terminem com urgência com o embargo de 47 anos contra Cuba. A resolução foi votada hoje pelo órgão de 192 países, com 185 condenando o embargo e pedindo seu fim, três votos a favor e duas abstenções. No ano passado, o embargo norte-americano foi condenado por 184 votos a quatro, com uma abstenção.O ministro do exterior de Cuba, Felipe Pérez Roque, afirmou antes da votação que será uma tarefa para o próximo presidente dos Estados Unidos decidir se o embargo é uma política fracassada. Mas ele disse que os EUA nunca farão a vontade do povo cubano. Ron Goddard, diplomata norte-americano, afirmou que o embargo econômico é justificado porque o governo de Cuba não é democrático e restringe as liberdades políticas e econômicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.