ONU aprova cessar-fogo na Síria

Atual trégua foi negociada com a mediação dos governos da Rússia e da Turquia

O Estado de S.Paulo

31 Dezembro 2016 | 17h10

O Conselho de Segurança da ONU aprovou neste sábado (31) uma resolução que apoia o atual cessar-fogo entre o regime de Bashar Assad e a oposição armada na Turquia. Apresentado pela Rússia, o projeto foi aprovado por unanimidade entre os 15 membros do órgão.

A atual trégua, que não incluiu o EI e a Frente da Conquista do Levante, está vigente desde a última quinta-feira. A decisão foi mediada pelos governos da Rússia e da Turquia, antecipando as futuras negociações sobre o conflito, previstas para o final de janeiro em Astana, no Casaquistão. A guerra civil na Síria já dura quase seis anos. 

A resolução da ONU insiste que a única solução para acabar com o conflito deve passar por um processo político que resulte em uma novo governo de transição, com "plenos" poderes executivos para convocar eleições. O Conselho também pede por uma entrega de ajuda humanitária "rápida, ordenada e sem obstáculos" à população do país. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.