ONU autoriza intervenção na República Centro-Africana

O Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) autorizou hoje uma intervenção militar da França e da União Africana (UA) com o objetivo de tentar conter a caótica situação em que se encontra a República Centro-Africana.

AE, Agência Estado

05 de dezembro de 2013 | 13h54

O CS da ONU aprovou por unanimidade a resolução patrocinada pela França com a justificativa de restabelecer as condições de segurança e proteger a população civil de um dos países mais pobres da África, afetado por instabilidades políticas e tensões religiosas.

A missão será liderada pela UA e contará com a participação do exército francês. No mês passado, o ministro das Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, alertou que a República Centro-Africana está "à beira de um genocídio".

A República Centro-Africana vive uma intensificação da violência entre cristãos e muçulmanos em meio a denúncias generalizadas de assassinatos, tortura e violência sexual desde um golpe de Estado ocorrido em março. A situação obrigou o então presidente da República Centro-Africana, François Bozizé, a fugir do país. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.