Jeon Heon-Kyun/Efe
Jeon Heon-Kyun/Efe

ONU considera válido armistício da Guerra da Coreia

Acordo foi adotado na Assembleia-Geral e a Coreia do Norte não tem autoridade para declarar sua nulidade

AE, Agência Estado

11 de março de 2013 | 17h16

A Organização das Nações Unidas (ONU) considera que o armistício que pôs fim à fase bélica da Guerra da Coreia continua válido e ainda está em vigor, apesar de a Coreia do Norte ter declarado nulo o acordo de cessar-fogo. A posição da ONU foi divulgada por Martin Nesirky, porta-voz do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Nesirky explicou que o acordo foi adotado pelo plenário da Assembleia-Geral da ONU e que nem a Coreia do Norte nem a Coreia do Sul têm autoridade para declarar unilateralmente a nulidade do armistício de 1953.

Na semana passada, o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte anunciou que estava cancelando o armistício em reação à adoção de novas sanções do Conselho de Segurança (CS) da ONU contra Pyongyang por causa de seu mais recente teste nuclear. Hoje, o jornal estatal norte-coreano Rodong Sinmun reportou a anulação do armistício.

A missão da Coreia do Norte na ONU não atendeu a pedidos para comentar as declarações de Nesirky.

As informações são da Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.