ONU: Coreia do Norte pode reativar instalações nucleares

A Coreia do Norte poderá reabrir suas instalações nucleares dentro de alguns meses, alertou o chefe de vigilância nuclear da ONU, Mohamed El-Baradei. Ele acrescentou, porém, que está otimista de que as negociações sobre o programa nuclear de Pyongyang poderão ser retomadas.

AE-AP, Agencia Estado

20 de abril de 2009 | 04h27

Indagado sobre quanto tempo a Coreia do Norte levaria para reativar suas instalações nucleares, El-Baradei, chefe da Agência Internacional da Energia Atômica (AIEA), disse que "poderia ser uma questão de meses".

A Coreia do Norte jurou na semana passada reiniciar seu programa nuclear e deixou as conversações sobre desarmamento com um grupo de seis potências - o "sexteto"-, depois que o Conselho de Segurança da ONU classificou o lançamento de um foguete, no dia 5 de abril, como uma violação das resoluções proibindo o país asiático de realizar atividades relacionadas a mísseis balísticos. O grupo é formado por Estados Unidos, Grã-Bretanha, Rússia, China, França e Alemanha.

Pyongyang afirmou na última terça-feira (14) à agência que reativaria todas as suas instalações e avançaria com o reprocessamento de combustível radioativo.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do NortenuclearONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.