ONU denuncia 600 mortes em confrontos no Sudão do Sul, aponta TV

Os confrontos no Sudão do Sul causaram 600 mortes e centenas de feridos, informou nesta segunda-feira a emissora de TV Al-Arabiya citando a Organização das Nações Unidas.

REUTERS

22 de agosto de 2011 | 16h14

A ONU informou sobre mortes em confrontos tribais no Sudão do Sul nos últimos dias, indicando instabilidade apenas semanas depois de que a região declarou sua independência.

Os enfrentamentos começam muitas vezes por disputas pelo gado, uma parte vital da economia dessa nação.

(Reportagem de Omar Fahmy)

Tudo o que sabemos sobre:
ONUSUDAOSMORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.