ONU denuncia atrocidades na Coreia do Norte

Uma comissão de inquérito criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) constatou que crimes contra a humanidade foram cometidos na Coreia do Norte e recomendou a abertura de um processo no Tribunal Penal Internacional (TPI), afirmaram fontes à Associated Press nesta sexta-feira.

AE, Agência Estado

14 de fevereiro de 2014 | 13h29

Os investigadores da entidade afirmam terem encontrado evidências de "extermínio", de crimes contra "populações famintas" e de uma campanha de sequestros de indivíduos na Coreia do Sul e no Japão. A denúncia vem à tona após um ano de investigações pelo painel criado pela ONU.

O relatório do painel, cuja divulgação está programada para a segunda-feira, não aponta culpados específicos, mas recomenda medidas para que haja responsabilização pelos crimes.

Um resumo do relatório foi entregue à AP por uma fonte na ONU ligada à elaboração do documento. Uma fonte na missão norte-americana confirmou as conclusões. As fontes conversaram com a AP sob a condição de anonimato por não estarem autorizadas a divulgar informações antes da divulgação oficial. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUCoreia do Nortedireitos humanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.