ONU denuncia demolições de imóveis por Israel

As demolições de imóveis pertencentes a palestinos no Vale do Jordão pelo exército de Israel mais do que dobraram em 2013 em comparação com o ano anterior, revela um levantamento elaborado pela Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado nesta quinta-feira.

AE, Agência Estado

06 de fevereiro de 2014 | 13h42

De acordo a entidade, o número de estruturas demolidas subiu de 172 em 2012 para 390 no ano passado. Consequentemente, cerca de 600 palestinos acabaram desalojados pelas demolições em 2013, contra 279 em 2012.

O Vale do Rio Jordão, situado na Cisjordânia, é uma região estratégica e seu futuro é um dos pontos a serem decididos nas negociações de paz entre israelenses e palestinos.

O exército de Israel até o momento não se pronunciou sobre o relatório da ONU. Normalmente, o argumento usado para justificar as demolições é que as estruturas foram erguidas sem alvará. Os palestinos queixam-se com frequência que Israel raramente concede a eles autorizações para realizar obras. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.