ONU denuncia violações dos direitos humanos

A Assembleia-Geral da ONU aprovou uma resolução ontem denunciando as sérias violações dos direitos humanos no Irã, que vão de chibatas a amputações e tortura, além de um "dramático aumento" de execuções. O embaixador do Irã na ONU, Mohammad Khazaee, tentou impedir a votação da resolução não vinculativa, mas não conseguiu. A medida recebeu 89 votos a favor, 30 contra e 64 abstenções. A resolução contra o país persa foi apresentada pelo Canadá com o copatrocínio de 42 outros países.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.