Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

ONU diz que ajuda alimentar tem maior baixa em 20 anos no mundo

A ajuda alimentar atingiu a maior baixa em 20 anos, apesar de os números da fome terem alcançado o nível mais críticos já registrado, disse uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta quarta-feira.

REUTERS

16 de setembro de 2009 | 07h34

O número de pessoas famintas vai passar a 1 bilhão neste ano pela primeira vez, disse o Programa Mundial de Alimentos da ONU (WFP, na sigla em inglês), acrescentando que enfrenta uma queda grave em seu orçamento.

Até agora a agência confirmou verba de 2,6 bilhões de dólares, de um orçamento previsto para 2009 de 6,7 bilhões de dólares.

"Isso acontece em um momento de grande vulnerabilidade para a fome", disse em comunicado a agência.

"Milhões foram atingidos pela crise financeira mundial, os seus meios de comprar alimento são limitados pelos preços altos. Além disso, padrões imprevisíveis de clima estão causando mais fome relacionada a essas condições", disse a WFP.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUFOMECAIAJUDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.