ONU diz que número de mortos na Síria beira 70 mil

A chefe de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Navi Pillay, afirmou nesta terça-feira que o número de pessoas mortas na guerra civil da Síria está provavelmente se aproximando de 70 mil.

AE-AP, Agência Estado

12 de fevereiro de 2013 | 16h33

Há menos de seis semanas, Pillay havia dito que o número de vítimas ultrapassou 60 mil, um nível "verdadeiramente chocante". Mas, segundo ela, já houve aproximadamente 10 mil novas mortes nas últimas semanas. Ela pressionou para que a Síria responda na Corte Penal Internacional. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaviolênciaguerra civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.