Bertil Ericson/Efe
Bertil Ericson/Efe

ONU diz que número de refugiados sírios é preocupante

Alto comissário para Refugiados pede apoio que Turquia e Líbano absorvam sírios

AE, Agência Estado

08 de junho de 2011 | 15h18

ANCARA - O alto comissário da Organização das Nações Unidas (ONU) para Refugiados, Antonio Guterres, disse nesta quarta-feira, 8, que o grande número de sírios fugindo da repressão promovida pelo regime de Bashar al-Assad é algo bastante preocupante.

 

Veja também:

linkMais sírios fogem para a Turquia por temer represálias

linkTurquia diz que não fechará porta para refugiados

especialESPECIAL: A revolução que abalou o Oriente Médio

 

"Há um número significativo de sírios que cruzaram a fronteira para a Turquia e é claro que esta é uma área de enorme preocupação para nós", afirmou Guterres a repórteres, na Suécia.

 

Apenas nesta quarta, entre 150 e 160 sírios cruzaram a fronteira, elevando para até 550 o total de refugiados que entraram recentemente no território turco, segundo a AFP. Além disso, pelo menos 1,5 mil refugiados sírios chegaram ao norte do Líbano desde abril.

 

Guterres afirmou que é fundamental ajudar os dois países a lidar com a questão. "É importante dizer que os sírios têm sido um povo muito generoso, recebendo refugiados do Iraque, refugiados palestinos, e que nós também temos operações muito importantes com refugiados na Síria", acrescentou.

 

Mais cedo hoje, o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, disse que a Turquia deixaria a porta aberta para os sírios fugindo da repressão e renovaria o pedido para que Assad, um aliado próximo, introduza reformas democráticas. A Turquia e a Síria compartilham uma fronteira de mais de 800 quilômetros.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaprotestosrefugiadosONUTurquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.