ONU doa mulas para famílias afegãs

A ONU adotou métodos dos mais inusitados para reconstruir o Afeganistão, vítima de 23 anos de guerras. Desta vez, a entidade anuncia que fará doações de mulas para mais de 400 famílias. O objetivo é garantir que as pessoas beneficiadas possam ter como transportar água e alimentos.Segundo anunciou hoje a Organização Internacional sobre Migrações (OIM), uma agência ligada à ONU, cerca de 150 mulas vão ser distribuídas e contarão com assistência de veterinários, postos à disposição pela FAO (agência da ONU responsável pela agricultura e alimentação)."No total, o programa custará apenas US$ 24 mil, mas poderá ajudar a muitas famílias, que precisam percorrer até sete quilômetros todos os dias para encontrar água, diante da seca que atinge partes significativas do país", afirmou uma porta-voz da OIM, que afirma que os animais serão entregues para a comunidade da região do vale de Astana.As mulas estão sendo compradas de criadores locais, fato que para a ONU também estimula a economia da região, que ainda sofre os efeitos da guerra.Não é a primeira vez que a ONU faz doações no mínimo curiosas para ajudar na reconstrução de um país. Há um ano, também no Afeganistão, o Alto Comissário da ONU para Refugiados distribuiu mais de mil aparelhos de rádios às famílias, para que recebessem informações sobre a queda do regime Taleban.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.