ONU eleva para 9 mil número de civis mortos na Síria

A Organização das Nações Unidas afirmou nesta terça-feira que mais de 9 mil civis foram mortos em um ano pela repressão do governo sírio contra as manifestações contrárias ao presidente do país, Bashar al-Assad, um aumento de quase mil vítimas em relação à estimativa anterior.

REUTERS

27 Março 2012 | 12h52

"Estimativas credíveis colocam o número total de mortos desde o início da revolta há um ano para mais de 9 mil", afirmou o coordenador especial da ONU para o processo de paz no Oriente Médio, Robert Serry, ao Conselho de Segurança formado por 15 nações.

A estimativa anterior da organização apontava para mais de 8 mil civis mortos na repressão.

(Reportagem de Louis Charbonneau e Michelle Nichols)

Mais conteúdo sobre:
ONUSIRIAMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.