ONU estende missão de paz no Haiti

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) votou por unanimidade a extensão da missão de paz da instituição no Haiti, afirmando que a situação no país caribenho continua a ameaçar a segurança e a paz internacional apesar dos progressos recentes.

AE-AP, Agencia Estado

13 de outubro de 2009 | 16h33

A resolução adotada nesta terça-feira pelo conselho vai manter as forças da atual missão em cerca de 9 mil militares e policiais.

O conselho concordou, porém, com a recomendação do secretário-geral Ban Ki-moon de reconfigurar as forças de maneira que possam ser enviadas com mais rapidez para áreas remotas.

Embora o órgão reconheça que houve algum avanço no Haiti em matéria de segurança no último ano, afirma que a situação ainda segue frágil. O órgão recomendou ao governo haitiano e a outras figuras chaves fortalecer o diálogo democrático e formar um consenso para lidar com todos os problemas do país, incluindo a pobreza.

Tudo o que sabemos sobre:
HaitimissãopazONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.